Cidade

Naviraí e mais 48 cidades não registraram mortes por coronavírus na última semana em MS

A imunização dos adolescentes começou

Publicada em 18/08/21 às 12:26h - 41 visualizações

por Expressão Naviraí - Canal de Tv Local de Naviraí


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Divulgação)

Do total de 79 municípios, 49 cidades não registraram mortes causadas pelo coronavírus na última semana em Mato Grosso do Sul. O Estado tem apresentado bons indicativos na pandemia, o número de casos e mortes começou a cair em julho e a tendência de queda continua em agosto. Um dos principais fatores para o resultado é a vacinação, já que MS tem 67% da população geral vacinada com ao menos uma dose.

O levantamento foi feito pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) entre os dias 10 e 17 de agosto. O dado representa que 62% das cidades do Estado não tiveram mortes em função da doença nos últimos sete dias.

A médica infectologista, Andyane Tetila, explica que o cenário de queda no número de óbitos é resultado do avanço da imunização. “Estamos observando maior mobilidade das pessoas, portanto o único motivo para diminuição dos casos e mortes é a vacinação”, reforçou.

Dados do Vacinômetro apontam que 67,13% da população em geral está vacinada com pelo menos a primeira dose e 38,33% estão completamente imunizados, ou seja, pessoas que tomaram as duas doses ou a vacina de dose única. Se considerarmos somente os adultos, a cobertura vacinal é ainda maior: 88,63% se vacinaram com ao menos uma dose e 51,72% estão com o ciclo vacinal completo.

Com relação aos adolescentes, a cobertura vacinal é de 14,84% entre 12 e 17 anos vacinados com a primeira dose. A imunização dos adolescentes começou no último fim de semana e doses da Pfizer têm sido endereçadas a este público.

Ainda não é hora de relaxar nos cuidados

Apesar da posição confortável que Mato Grosso do Sul conquistou no último mês, ainda não é hora de relaxar. O Estado ainda não conquistou a chamada imunidade de rebanho. O infectologista da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Julio Croda, explica que MS precisa chegar a pelo menos 80% dos adultos totalmente imunizados para considerar afrouxar os cuidados, principalmente considerando o contexto da variante Delta, que é mais transmissível e está presente em estados vizinhos a MS.

Para Croda, a variante Delta é uma ameaça e seria preciso atingir 90% dos adultos completamente imunizados para considerar que atingimos a chamada imunidade coletiva. Enquanto este momento não chega, autoridades de saúde recomendam manter os cuidados de sempre: distanciamento social, evitar aglomerações, utilizar máscaras e fazer a higiene das mãos.

Confira lista de cidades sem mortes

Antônio João

Aral Moreira

Alcinópolis

Anaurilândia

Aparecida do Taboado

Amambai

Angélica

Bandeirantes

Bela Vista

Batayporã

Bonito

Caracol

Camapuã

Deodápolis

Dois Irmãos do Buriti

Douradina

Eldorado

Fátima do Sul

Figueirão

Glória de Dourados

Iguatemi

Itaquiraí

Inocência

Japorã

Jateí

Jaraguari

Juti

Ladário

Laguna Carapã

Miranda

Naviraí

Nova Andradina

Nioaque

Novo Horizonte do Sul

Paraíso das Águas

Pedro Gomes

Paranaíba

Paranhos

Porto Murtinho

Rio Verde

Rio Brilhante

Rochedo

Rio Negro

Santa Rita do Pardo

Sete Quedas

Sidrolândia

Selvíria

Tacuru

Taquarussu

 FONTE/CRÉDITOS: Midia Max




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Visitas: 26866   Usuários Online: 18

Nosso Whatsapp

 (67)9.9633-7191

Copyright (c) 2021 - Expressão Naviraí - Canal de Tv Local de Naviraí